Uma mesa: nota saudosista…

tri0209a.jpg
tri0209b.jpg
Correio da Manhã, 02.09.2009

Nas extremidades desta mesa, dois ex-colegas meus de curso e de turma, na Faculdade de Direito de Coimbra: o António Marinho e a Anabela Rodrigues. No primeiro ano, pelo menos, era norma sentarmo-nos nos anfiteatros por ordem alfabética. Na primeira fila, os alunos cujos nomes começavam por A. Antes de mim, Ademar, havia dois ou três, já não me recordo. A seguir a mim, o Adriano. E depois do Adriano, à nossa esquerda, a Ana Costa Almeida, a Anabela Rodrigues, os Antónios todos, incluindo o Marinho Pinto. Nos primórdios da década de setenta, as mulheres ainda eram raríssimas na Faculdade de Direito de Coimbra. Professoras, não havia. Se a memória não me está a pregar uma partida, a Anabela Rodrigues foi a primeira ou uma das primeiras mulheres a doutorar-se na Faculdade e a assumir a regência de uma cadeira. Era uma mulher muito bonita e uma colega estimável: delicada, companheira, solidária. Ainda hoje, mais de trinta anos volvidos, mantenho o mesmo apreço pessoal pela Anabela. E a mesma amizade pelo Marinho. É gente boa: gente que nunca fez malfeitorias (nem precisou de vender a alma ao diabo) para se impor…

Comentar