Uma comunicação ao país tão pífia e anedótica só pode mesmo ter sido sugerida por um assessor ainda mais pífio e anedótico…

cavaco88.jpg
Público, 31.07.2008
Quem terá sido o asssessor? Eu apontaria um nome, mas desde criança que me ensinaram que não se… aponta.
Mas que cheguei a ter pena de Cavaco e do ridículo da cena… isso confesso…

3 Responses to “Uma comunicação ao país tão pífia e anedótica só pode mesmo ter sido sugerida por um assessor ainda mais pífio e anedótico…”

Read below or Comentar...

  1. Mais um rato says:

    Realmente, está uma pessoa no imite do desespero, a tomar ansiolíticos para aguentar a pressão (e não era a pressão atmosférica), em pulgas para saber a “bomba!” e… eis que a montanha pariu um rato! E estive eu (e decerto milhões de portugueses, que não fui certamente o único lorpa) todo o santo dia à espera disto!!!
    Já nao há respeito! Se fosse no teatro, pedia o meu dinheiro de volta!
    Agora a sério, acho que a coisa deve ter sido para chatear o nosso primeiro, que anda por aí a anunciar investimentos bombásticos por tudo quanto é sítio, e o nosso Presidente, enciumado por falta de holofotes, teve uma birra e deu-lhe para isto!
    Que acabe as feriazitas sem nos surpreender novamente!
    Já agora, quem poderá demitir o Presidente da República? Eu não posso, senão…

  2. Silva Ferreira says:

    Confesso que fiquei algo desconfiado com esta cena história…Será que o homem é assim tão primário?
    -Deve ter ficado com algum arremeço na manga… digo para os meus botões para me
    tranquilizar…

  3. Peço desculpa mas parece que os senhores não perceberam nada.
    Quem fez todo o dramatismo foram os senhores jornalistas.
    Já agora lembram-se do que os mesmos disseram sobre a sentença da juíza aí do Norte sobre o bando dos ciganos?

Comentar