Um filme que nunca me canso de rever: “Les Invasions Barbares” (de Denis Arcand)…




Já foram feitos muitos filmes sobre a morte e o morrer, mas este continua a ser para mim, por razões talvez geracionais, o maior de todos. Pouco lhe falta para ser perfeito…

Comentar