Tenho menos de um mês para decidir o que irei dizer sobre este filme de John Cassavetes…

O convite dos meus alunos era irrecusável. Queriam, num Ciclo de Cinema dedicado aos anos 60, que estão a organizar (no âmbito da tão desprezada Área de Projecto), que fosse eu a apresentar “Faces”, de John Cassavetes. Tanto lhes falei, circunstancialmente, do cinema de Cassavetes que eles decidiram… vingar-se, convocando-me para a apresentação de Faces. Nunca, na vida de professor, e já lá vão muitos anos, fui confrontado com uma convocatória tão inesperada e tão agradável. Cassavetes é um dos meus realizadores predilectos. Acresce (e os meus alunos não sabem) que ele nasceu, como eu, a… 9 de Dezembro. Como a minha amiga Ana Saraiva e… John Malkovich. O problema é que tenho apenas um mês para decidir o que irei dizer sobre Faces. Não é um filme para olhares fáceis e apressados. E a juventude de hoje é, culturalmente, hiperactiva. Que a memória tão doce de John Cassavetes me inspire…

Comentar