Palavras com efeito…

retr.jpg
Público, 31.12.2007
O Público diverte-se hoje, no 2º caderno, a inventariar, num português manhoso e obeso, as grandezas e as misérias de Portugal e dos portugueses. É um exercício cabotino, que produz sempre, como o néon dos lupanares, muito efeito. Fiquei a saber, por exemplo, “que somos pró-activos” (em vez de proactivos) e também “que somos dos trabalhadores que mais faltamos na Europa”. Nos tempos que vão correndo, o uso da língua portuguesa, por parte do Público, não se recomenda pelo escrúpulo da gramática…

2 Responses to “Palavras com efeito…”

Read below or Comentar...

  1. adolfo contreiras says:

    Caro,
    não se recomenda pela gramática, pela hostilidade aos governos, pela santidade do grupo sonae.

  2. Anónimo says:

    Há mais de 6 meses que leio diariamente os seus textos com muito apreço.
    É sempre bom revisitar Eça, mas os apelos à gramática são muito oportunos, nem que seseja para desancar essa gente que “pensa?” que todos os outros são tontos. Não tenho jeito para comentar. Só quero desejar que o próximo ano nos ensine a TODOS como combater estes PROVINCIANISMOS. e QUE NÃO LHE DOAM AS MÃOS!

Comentar