Não há dois (casamentos) sem três…

fil2904c.jpg
fil2904e.jpg
Correio da Manhã, 29.04.2010

Não discuto vícios sociais. Quem quer divorciar-se, que se divorcie. Quem quer casar, que case. Quem quer namorar ou foder (simplesmente), que namore ou foda (simplesmente). É-me completamente indiferente. Apenas dispenso comédias, farsas e tragédias. E por uma razão muito elementar: é que não me dizem respeito. Nem eu quero que digam…

Comentar