Infelizmente, mais uma razão, digo, uma excelente razão para detestar Gaudi…

gau1108aaaa.jpg
gau1108a.jpg
gau1108aa.jpg
gau1108b.jpg
gau1108cc.jpg
gau1108d.jpg
gau1108f.jpg
gau1108g.jpg
gau1108h.jpg
gau1108i.jpg
gau1108j.jpg
gau1108k.jpg
gau1108l.jpg
gau1108n.jpg
Confesso: sempre que me confronto com uma obra de Gaudi faço ou tento fazer um esforço de despreconceituação. Ou seja, procuro abstrair da biografia do homem, dissociando-o da igreja católica e do franquismo. Ok, não conheço este gajo, não sei nada dele, vamos lá ver se esta arquitectura me excita, me surpreende, me toca numa corda sensível qualquer. É inútil: a ostentação fascista da arquitectura de Gaudi deixa-me sempre em estado de fúria intelectual. Que os teóricos me perdoem, mas prefiro os pastiches de Korrodi (estou a lembrar-me neste momento, por exemplo, do Palácio da Dona Chica, em Braga), às exaltações formais e pindéricas de Gaudi. O palácio episcopal que ele projectou para Astorga (e que, aliás, não chegou a terminar) não passa de um clichê sem graça, sem originalidade e sem escala. É um tesão do umbigo de um castrado. Vede as imagens e extrapolai. A igreja católica construiu ou fez construir ou inspirou a construção de edifícios admiráveis. Este… é um vómito. Lamento…

One Response to “Infelizmente, mais uma razão, digo, uma excelente razão para detestar Gaudi…”

Read below or Comentar...

  1. António Pereira says:

    Ademar:
    Não tendo a pretensão de mudar a sua opinião acerca de Gaudi (que aliás partilho em alguns aspectos), permita que lhe refira o livro de Mario Lacruz, Gaudi – um romance, da Dom Quixote, que me parece ajudar a perceber um pouco melhor o personagem.
    Cumprimentos

Comentar