Improviso sobre a água…

Talvez um dia as palavras se esgotem
de tanto serem usadas em vão
ou talvez um dia deixes de respirar ao contrário
como se apenas vivesses para dentro
nenhuma sombra pode mais
do que a luz que a projecta.

Ademar
25.12.2007

Comentar