Improviso quase religioso …

Discordarei do mar
enquanto a terra me for tão próxima
tenho saudades de ondas
que façam parte de nós
e nos prolonguem
já nos vimos tão perto
de todos os cais
já tivemos um pé
em todos os barcos
já fomos livres
de nos prendermos
talvez nos falte apenas a sabedoria
do amanhecer ou do pôr-do-sol
uma espécie de livro sagrado
antes da sagração de todos os deuses.

Ademar
31.01.2008

Comentar