Improviso quase medieval…

Amo de amor
amor de amo
cativas-me
para que eu te cative
aprisiono-me
aos teus grilhões.

Ademar
31.01.2007

Comentar