Improviso quase biodegradável…

Fecha os olhos
não digas nada
não penses em nada
não tentes sequer
um gesto
um movimento
concede-te por esta vez
a respiração do universo
e ouve apenas o silêncio interior
das estrelas no teu corpo
a noite
como sempre a imaginaste.

Ademar
31.05.2009

Comentar