Improviso para viola de arco e disjuntor…

Não fosse tarde muito tarde
para voltar a abrir as portas e as janelas
de todas as casas em que me perdi
e talvez regressasse a mim
com a luz original de quem
nunca tivesse partido.

Ademar
31.07.2009

Comentar