Improviso para natureza quase morta…

Nunca cabes inteira na tela
sobra sempre um braço uma mão
uma perna um pé
o horizonte do olhar
a esperança dividida
o pensamento rebelde
a vida voa sempre pela janela
quando as paredes te estreitam.

Ademar
30.09.2009

Comentar