Improviso para ficar em casa…

Mais rua
menos rua
que o teu corpo
não seja um bairro estreito
que todos percorram
numa noite de lua cheia
e ainda sobrem muitas horas
para deambular a madrugada
pobre de ti
se não tivesses
como Veneza
canais subterrâneos
pontes que nenhum mapa assinalasse
a eternidade morreria depressa
nas mãos de todos os viajantes.

Ademar
22.12.2009

Comentar