Improviso para dizer como bebes…

O liquido acaricia apenas os lábios
as mãos suspendem o gesto
no copo que a lingua trava
não é assim distinto no mais
nenhuma ausência com código que não domines
nenhum verbo que não conjuges no condicional e no singular
a vida em ti sofre de espasmos
há um intervalo entre o que pensas e o que desejas
um intervalo em que não cabe ninguém
senão um deserto de sombras
tenho tantas palavras de vantagem sobre ti
tantos anos tantas certezas
e tão pouco destino
o pensamento fechado numa cela
e as chaves fora.

Ademar
24.12.2007

Comentar