Improviso para dedilhar numa única corda…

O pensamento reparte-se
como um bolo de aniversário
ponho velas no desejo
e deixo-me atear
há talvez copos a mais
na bandeja que conduzes entre as mesas
e as garrafas já estiveram vazias
sobra agora um poema incompleto
e a paixão inteira
primeira.

Ademar
30.09.2008

Comentar