Improviso exegético…

Sempre achei que Salomão
na abertura do Cântico dos Cânticos
era um depravado
digo
um geómetra do erotismo
recordo
ah
beija-me com os lábios da tua boca
que o teu amor seja mais delicioso
do que o vinho
que os cheiros do teu corpo me embriaguem
e que o teu nome seja para mim
o mais afrodisíaco dos perfumes
todas as donzelas te desejam
quando te procuro
blablablá
se isto não é um apelo à farra
que eu fique
cego surdo e mudo
e tetraplégico.

Ademar
28.12.2009

Comentar