Improviso em forma quase de elegia…

Conheço homens
que já foram puros
quero dizer
que não vendiam destinos de empréstimo
nem usavam calculadora
na hora de conjugarem o verbo
pensar
tão pouco voláteis e conformes
que arriscavam sempre na ousadia
muito mais do que o futuro
agora só reconheço rebanhos crispados
e pastores e cães de fila
cabem todos na tela da monotonia
digo na trela
e já nenhum na moldura inteira de si próprio.

Ademar
29.02.2008

One Response to “Improviso em forma quase de elegia…”

Read below or Comentar...

Comentar