Improviso em forma de calendário…

É tão perigoso circular
entre as palavras
numa noite assim
ainda que me desses a mão
e todos os bares abrissem as portas
à evidência do teu olhar
é tão perigoso circular
entre as palavras
numa noite assim
quando todos os verbos
parecem inconjugáveis
e até os pés tropeçam no vento
ou numa fúria ainda mais íntima
o inverno deve ser isto
o último cansaço de nascer.

Ademar
21.12.2009

Comentar