Improviso ele mesmo excêntrico…

Vivo de menos
para escrever de mais
há uma vida nas palavras
que só cabe nas palavras
uma vida que fosse
todas as vidas
de que nada ficasse por contar
ou por dizer
no horizonte das palavras
não há destinos excêntricos
todas as personagens são reais.

Ademar
28.04.2008

Comentar