Foi assim que o Padre Nunes Pereira me viu e desenhou, não sei se na Brasileira, se no Moçambique…

ademnp1.jpg

Arrumando papéis, redescobri hoje este retrato, que durante muitos anos julguei perdido. Na altura, foi com uma enorme comoção que recebi das mãos do Padre Nunes Pereira, um artista que todos, em Coimbra, admiravam, este desenho, feito à mesa de um café. Era uma honra ser retratado por ele. Eu não passava de um jovem estudante de direito que tivera a sorte de conhecer o Padre Nunes Pereira e que, muitas vezes, tomava café com ele, na Brasileira e no Moçambique. E ainda hoje estou para saber o que o levou, discretamente, nesse dia, a retratar-me. Tão discretamente, que enquanto o fez… eu não dei conta. Há momentos únicos nas nossas vidas, momentos irrepetíveis. Este, projectou-se num retrato, que com muito orgulho (e muita saudade do Padre Nunes Pereira) reproduzo aqui…

4 Responses to “Foi assim que o Padre Nunes Pereira me viu e desenhou, não sei se na Brasileira, se no Moçambique…”

Read below or Comentar...

  1. q says:

    Tem nome de rua aqui em Coimbra.Museu em Fajão…
    Descobriu a data do púlpito de Santa Cruz…
    Homem invulgar.

  2. swt says:

    Muito Bom!
    Papai, certamente, também, faria um esboço igualmente digno de sua cabeça, Doutor!

  3. Vaya… pareces o jacinto Lucas pires.

  4. retrato says:

    Pareces um missionário e tudo… muito bem :)

Comentar