Se alguém souber quem governa, actualmente, Portugal, agradeço que me informe…

imp1305.jpg
DN, 13.05.2010
iva1305.jpg
Público, 13.05.2010

Todas as semanas, José Sócrates toma decisões ao arrepio do programa de governo e do que prometera e garantira na semana anterior. Já se percebeu que ele não passa, como primeiro-ministro, de um espantalho: quem nos governa é outrem. Mas quem?…

Como contribuinte líquido e como cidadão, gostava de saber…

Suspenda-se a Constituição da República (e o imperativo da laicidade do Estado) durante quatro dias…

pap1005.jpg
DN, 10.05.2010

O Estado ajoelhado diante de um líder religioso, a Constituição da República (que o presidente, o primeiro-ministro e os membros do governo juraram cumprir e fazer cumprir) rasgada. Cada vez me sinto menos cidadão deste país de moluscos…

O mesmo, obviamente, se passa em Portugal todos os dias…

gre0905.jpg
DN, 09.05.2010

Se os portugueses conhecessem a factura diária… não colocariam nem mais um voto nas urnas. Quando é o Estado a pagar, gasta-se à tripa forra. Esta semana, por exemplo, vai ser um fartote. E até eu, que sou ateu, vou pagar, pagar, pagar. Muita lagosta abençoada se vai comer por aí à minha, nossa custa…

Quem terá escrito, em 1965, este panegírico a Salazar?…

(…)
nog1805a.jpg
nog1805b11.jpg
(…)

Era, na altura, um jovem, recém-licenciado em Direito, em Coimbra. Marcello Caetano, em 1969, chamá-lo-ia para o governo. O 25 de Abril apeou-o da manjedoura. Fez o luto que o decoro impunha, mas converteu-se, rapidamente, à democracia. E regressou, discretamente, à manjedoura. Estarei a falar de quem?…

Ditosa pátria amada que tem um deputado que os jornais já tratam como… “ladrão profissional”…

ric0705a.jpg
ric0705b.jpg
24horas, 07.05.2010

Digo-vos: se mantiver o jeito de mãos, Ricardo Rodrigues ainda poderá aspirar a protagonizar, no cinema, o mais romântico e simpático de todos os ladrões da literatura: Arsène Lupin…

Haja esperança! Nem toda a gente na área do PS aprova o furto como método de acção (política) directa…

Obviamente, concordo com Vital Moreira. E considero absolutamente grotesca a “solidariedade” manifestada pelo grupo parlamentar do PS a Ricardo Rodrigues. De um grupo que aprova o furto como método de acção política… tudo se poderá esperar. Cuidado com as carteiras, portugueses!…

Francisco Assis recusa-me a nacionalidade portuguesa…



Depois de ouvir e ler o que disse Assis, sou forçado a concluir que já não faço parte deste país. Se o país, como ele diz, conta com Ricardo Rodrigues… eu serei, talvez, galego, porque de Ricardo Rodrigues não espero nada, nem conto com ele para o que quer que seja. E como Assis me recusa assim a nacionalidade portuguesa, passarei a sentir-me estrangeiro no meu próprio país. Portugueses: boa sorte! E protegei as carteiras, digo, os gravadores… dos deputados do PS!…