Um poema (videografado) de Paula Fonseca…

Há muito que não tinha notícias da Paulinha, professora (apaixonada) da Escola da Ponte, onde a conheci. Não sabia que ela tinha publicado um livro de poesia (“Metade Somente”) e que alguns dos seus poemas estavam disponíveis no YouTube. Hoje, na abertura de um novo dia, convido-vos a lê-la. Obrigado, Paula!…

O orgasmo da Velha…

Braga não é, apenas, cimento, futebol, crendice, muito sexo às escondidas e corrupção, corrupção, corrupção. Braga tem um lado civilizado e muita gente, sobretudo jovem, que não ajoelha diante dos altares da hipocrisia e da podridão. A Velha-a-Branca faz parte dessa Braga que resiste. Parabéns, Luís, e tutti quanti!…