Antologia poética (5)…

Improviso sobre outra imagem…

Na memória das imagens que me interrogam
respondo-te com a antiguidade
de um tempo que me precede
Semicerro os olhos e desenho as tuas formas
numa espécie de neblina pré-histórica
Desconhecerei eternamente a idade que nos pertence.

Ademar
Setembro.2004
publicado em abnoxio.blogs.sapo.pt

Antologia poética (4)…

Improviso sobre uma imagem…

Aprender as mãos e os ouvidos
aprender o gesto e o corpo
aprender os cheiros e os sabores
aprender o silêncio
aprender o movimento
aprender os sentidos do olhar
e voltar sempre ao princípio de tudo.

Ademar
Setembro.2004
publicado em abnoxio.blogs.sapo.pt

Antologia poética (2)…

Poema ao estilo de Serge Gainsbourg…

Nunca disse je-teme
(assim mesmo, à portuguesa)
Preferi sempre a linguagem gestual
que não consente tradutor
(antes de me especializar em braille).

Ademar
11.08.2004
publicado em abnoxio.blogs.sapo.pt

Antologia poética (1)…

Escrito sobre o Adagietto da 5ª Sinfonia de Malher
(interpretado por The Uri Caine Ensemble)

Estou delicadamente construído sobre uma rede de canais
De todas as margens que hesito
saem pontes que me projectam para os outros lados de mim
Distraio-me
para perder sempre
a última carreira do vaporetto.

Ademar
22.06.2004
(publicado em abnoxio.blogs.sapo.pt)