Improviso sobre a memória de um Teatro Olímpico…

tovic09aa2.jpg
tovinc09aa1.jpg
tovinc09aa33.jpg
Os meigadores do mundo
nunca foram tão felizes como aqui
em Vicenza
no Teatro dos Deuses
o plural explica a verdade do renascimento
a vertigem da escolha dos cenários
a liberdade de abrir a noite
no palco de mãos semeadoras
e o amor que se inventa
esse único que se nos impõe
sobre todos os destinos.

Ademar
02.04.2009

Os romanos não deviam ter andado por aqui!…

avenidalibe.jpg
aveniliber2.jpg
Diário do Minho, 29.08.2008
Seja como for, aproveito a oportunidade para informar: se alguém quiser comprar o primeiro prédio que, ainda que parcialmente, se vê, na foto, à direita, eu vendo (por bom preço, claro!). Tem vistas, amplas, sobre o túnel e as futuras necrópoles…

“É uma obra do Estado Novo: com envergadura!…”

fafe33.jpg
A justiça (de Fafe) está pela hora da morte, um pouco como o resto do país. Este senhor de óculos escuros (e o cigarro na mão, escondido da câmara) foi apresentado como vereador do pelouro da Protecção Civil da Câmara Municipal de Fafe. Botou faladura, em directo, para as televisões (vi-o na RTP e, logo depois, na SIC) e gabou “a envergadura” do velho Tribunal, uma obra, lembrou, do Estado Novo.
Salazar está sempre a cair da cadeira…

fafe34.jpg

Por que não começam outra vez… a vender indulgências?!……

sizamarcoc.jpg
fraaaaaaiiiiiiii.jpg
Correio do Minho, 28.07.2008

A igreja de Santa Maria, em Marco de Canaveses, é um projecto espantoso e muito justamente celebrado de Siza Vieira. O pior… são as cópias atamancadas que vão começando a surgir – como esta, em Fraião, uma freguesia suburbana de Braga. Não estando ainda terminada (bem longe disso), já consumiu quatro milhões de euros, sacados a empresas e particulares. E os promotores garantem que precisam de muito mais (o povo da freguesia que se vá preparando para os peditórios que aí vêm). Pouco importa que Fraião já tivesse uma igreja. Pouca importa que os portugueses vivam cada vez pior e muitos se encontrem já no limiar da pobreza. Enquanto a miséria alastra e o número de crentes vai diminuindo, a Igreja Católica à moda de Braga cumpre a sua sagrada missão, construindo vaidades. Já só lhe falta mesmo colocar freirinhas nos centros comerciais e nos estádios de futebol a vender indulgências…

Quando a ilusão de felicidade sangra por dentro do destino dos escravos…

dubaiii.jpg
Estas torres, no Dubai, aqui ainda em projecto, abrem de espanto os olhos aos pacóvios do universo. Que a sua construção seja um longo rosário de violências e iniquidades… que importa? Que importa que os seus alicerces repousem na escravidão, na exploração mais desenfreada de indianos, de chineses, de paquistaneses? Que importa que tantos dos seus operários, vítimas dos maiores embustes, se tenham suicidado ou venham a suicidar ou morram, simplesmente, de insolação?…
Os pacóvios do universo têm a consciência moral das formigas. Há um género humano que, de humano, só tem o género. Estes “paraísos” turísticos estão quase tão próximos do inferno como Auschwitz. A única diferença é que há cadáveres que não falam…