Antologia poética (452)…

Improviso sobre Diabaté…

Vivemos em corpos trocados
agora fechamos os olhos para não vermos
há uma fronteira de invisualidade
que ao mesmo tempo nos separa e aproxima
cegámos o desejo
e agora tacteamo-nos.

Ademar
13.08.2006
publicado em abnoxio3.blogs.sapo.pt

Comentar