Antologia poética (140)…

Improviso sobre o teu silêncio…
Do teu silêncio sobre as nuvens
não sei se espere o grito da descoberta
ou o tranquilo acolhimento
sei apenas que viajo com os teus olhos
e vou sempre à frente
esperando-te algures no passado
entre palavras
talvez todas as palavras
que um dia iluminaram a tua ausência.
Ademar
27.12.2005
publicado em abnoxio2.blogs.sapo.pt

Comentar