Aguarela…

quadroou09aaa111.jpg
à mercê dos olhos
estava um homem
e o seu mar
sentei-me e olhei
ele nada disse
descalcei-me
esperei uma onda
um azul antigo
e a onda veio
transparente
o azul,
terás de o ir buscar
ao fundo do mar
sorrimos
e entrámos na tela.
Ana Saraiva*

* Com a colaboração (pontualíssima) do autor do blogue.

2 Responses to “Aguarela…”

Read below or Comentar...

  1. Lia Soares says:

    À poeta Ana Saraiva, deixo aqui o testemunho da profunda emoção que me causou por a imagem do meu pai a ter tocado.
    Acredito, enfim, que com um poema como seu e com os quadros dele a imortalidade existe.
    Retribuindo a sua dádiva, espero em breve enviar-lhe um original do meu pai, que poderá não ser das suas melhores obras,mas que lhe vou oferecer com muito gosto.
    Lia Vale Soares

  2. Alexandre de Castro says:

    Compreendo a emoção que percorre os protagonistas deste diálogo. Muito bonito.

Comentar