A pílula do dia seguinte de… Sócrates…

grana3004.jpg

Acompanhei a inquirição de Henrique Granadeiro. Não repetirei aqui o que ele disse à Comissão. Mas sobra-me a convicção de que o seu testemunho abriu a cova em que Sócrates, politicamente, será enterrado. O dia 26 de Junho de 2009, mais do que o dia 24, ficará gravado nos anais da história portuguesa como o dia em que um governo encenou uma pantomina para diversão e engano dos portugueses incautos. É a expressão máxima de um estilo de governação, em que a verdade e a seriedade não contam: conta apenas o espelho da vaidade de um primeiro-ministro. Pobre país este, governado por gente com tão pouco carácter…

One Response to “A pílula do dia seguinte de… Sócrates…”

Read below or Comentar...

  1. No estado em que ficou, qualquer um... says:

    Não brinquemos com coisas sérias, muito menos com a seriedade do senhor!
    É preciso não esquecer que este cavalheiro assumiu, o que não é para qualquer um, ter sido “encornado” (a expressão é sua) no negócio PT vs TVI. E não deve ser nada fácil aguentar o peso. É qu’isto são coisas que podem acontecer aos mais precavidos e avisados…

Comentar