Valter Lemos já foi demitido?… (179)

val20.jpg
val21.jpg
val22.jpg
val23.jpg
val25.jpg
val26.jpg
val27.jpg
val28.jpg
Público, 01.03.2008
Alguns leitores têm-me perguntado por que insisto, por que continuo, dia após dia, a exigir a demissão de Valter Lemos. Respondo: porque tenho memória e não admito canalhices políticas…
Durante cerca de seis anos, Ana Benavente foi, em nome do PS e com diferentes ministros (incluindo Augusto Santos Silva), Secretária de Estado da Educação. Para o mal e para o bem, foi uma das principais responsáveis pela política educativa do PS. António Guterres era o primeiro-ministro e Sócrates, membro do governo. Eu espero sempre que os partidos políticos, pelo menos, sejam capazes de assumir a coerência e a bondade das políticas que, no governo, desenvolvem. Durante seis anos, eu executei no terreno a política educativa do governo socialista, julgando que o PS, pelo menos, se reconhecia nela…
Valter Lemos, secretário de estado da educação de um governo ainda socialista, agora dirigido por Sócrates, considera que a política educativa de António Guterres produziu “os piores resultados escolares da Europa”. A crítica atinge em cheio a honra não apenas do PS, mas do actual primeiro-ministro e do ministro dos assuntos parlamentares. É, politicamente, uma deslealdade inqualificável e uma grosseria que ofende todos aqueles que, nas escolas, têm dado a cara pelas políticas educativas dos sucessivos governos…
Num país a sério, dirigido por gente com carácter e coluna vertebral, Valter Lemos afastar-se-ia imediatamente do governo ou seria afastado. Não sucedeu uma coisa, nem outra e Valter Lemos continua a exercer, tranquilamente, as suas funções, como se não pudesse ser responsabilizado pelos seus actos, ou seja, como se fosse inimputável. Só faltava mesmo sermos governados por inimputáveis!…
Eu recuso-me a aceitar este desgraçado estado de coisas e, por isso, continuarei a perguntar, todos os dias, se Valter Lemos já foi demitido. Eu não sou cúmplice…

Improviso quase vagabundo…

De vez em quando
convocas-me pelo lado errado da noite
ou da vida
como se tudo afinal fosse indiferente
partir ou chegar
ou ficar ainda suspenso de uma esquina imaginária
entre luzes que cegassem apenas
todos os bares já tinham fechado
quando saí ao teu encontro
e tu não estavas em nenhum
estes bairros sem gente dentro
estas ruas que as sombras assaltam
estas ruínas em que só nós cabemos
já é tão tarde para voltar para casa.

Ademar
29.08.2008

Terão sido mesmo recolocados no trono? Que aconteceu a Cavaco? E Sócrates deixou? Já poderei finalmente usar os meus títulos?!…

feriasreais.jpg
feriasreais1.jpg
Correio da Manhã, 29.08.2008
Primeiro, julguei ler… menarcas. Mas depois esfreguei os olhos e percebi que era… monarcas. Se já são monarcas, alguma coisa de muito grave, entre ontem e hoje, deve ter acontecido em Lisboa. Espero que Cavaco tenha tido tempo e oportunidade para se exilar no Brasil. Ou na Madeira…

O porteiro do inferno…

O autor deste sapo crucificado já está no inferno a expiar os seus pecados há mais de dez anos. Isso não é, porém, suficiente para Ratzinger. Ele quer que esta blasfémia seja tratada como lixo repugnante e que arda nas chamas do inferno como Kippenberger…
São estilos. Burlesco por burlesco, eu continuarei a preferir o sapo na cruz

sapo91.jpg
sapo93.jpg
sapo95.jpg
Público, 29.08.2008

Os romanos não deviam ter andado por aqui!…

avenidalibe.jpg
aveniliber2.jpg
Diário do Minho, 29.08.2008
Seja como for, aproveito a oportunidade para informar: se alguém quiser comprar o primeiro prédio que, ainda que parcialmente, se vê, na foto, à direita, eu vendo (por bom preço, claro!). Tem vistas, amplas, sobre o túnel e as futuras necrópoles…