O terrível insulto na primeira página…

chala.jpg
DN, 23.05.2007
A fazer fé na edição de hoje do DN (nunca fiando!), esta terá sido a piada que valeu a Fernando Charrua a suspensão e, quiçá, um processo disciplinar. Perante a divulgação deste “segredo”, tenho de corrigir o que aqui já escrevi sobre o assunto: quem conta piadas com tão pouca graça… só merece, de facto, ser castigado…
Ó Margarida, Margarida: que é feito do teu sentido de humor?!…

A quem possa interessar…

fatima1.jpg
Para que conste e os media divulguem:
Hoje, não irei a Fátima.
Amanhã, também não.
Nem depois, nem depois, nem depois…
Não irei a Fátima… nunca.
Por conta da providência, não frequento, nem promovo bordéis…

Saia uma milagre para a mesa dos ingleses!…

negfat.jpg
24horas, 23.05.2007
Desde muito cedo que a RTP tem em Fátima uma repórter para acompanhar a visita (discretíssima) dos pais da miúda desaparecida no Allgarve. Um canal privado da igreja católica não daria, certamente, maior destaque ao extraordinário evento peregrinal. Os portugueses esperam, ansiosamente, o milagre. Será hoje? Espero que sim, para que, finalmente, termine toda esta mórbida palhaçada…

Improviso para tecer a noite…

Uma ampulheta de sangue ou de fogo
o teu corpo
em que o desejo circula
na razão inversa da gravidade
segredos que não partilhas
ousadias silenciadas
há um tempo em ti que cansa a dúvida
que causa a dúvida
um tempo íntimo que viaja palavras
emigradas clandestinas
há fronteiras em ti
que exigem visto e passsaporte
talvez um exame sempre adiado
a entreter os dias da espera
uma consulta
uma apresentação
o salto imprevisto
a imolação na surpresa
tenho as mãos húmidas do teu sangue
escorro sombras
madrugo silêncios.

Ademar
22.05.2007

Este país é, todo ele, um… Borga…

padreborga3s.jpg
Às 12:55, sintomizei na RTP1 para ouvir (estava na cozinha, a preparar o almoço) as notícias da tarde. Estava a terminar um programa chamado Praça da Alegria. Falava, na altura, um dos seus habituais apresentadores, um tal Borga (que descobri, entretanto, que passa por padre católico). Apelava, solenemente, aos… portugueses. Hoje, às 22:00 horas, dizia ele, vamos todos parar e… rezar por Maddie. Uma vez mais, considerei-me insultado. Trata-se de uma estação pública que os meus impostos sustentam e o Estado português, que eu saiba, ainda é… laico. Onde pára o ministro da tutela, que não é capaz de obrigar a RTP a respeitar a Constituição da República? Este país é uma indecência, uma pulhice…

A volúpia mediática das carmelitas calçadas…*

carmel.jpg
24horas, 22.05.2007
PORTUGAL REZA HOJE ÀS 22 HORAS POR MADELEINE
Portugal? Devo ter sido… expatriado…
* Eu entendo que as carmelitas, descalças ou calçadas, levem uma vida tristonha e precisem de alguma animação (sobretudo à noite). Mas, francamente: por que não organizam uma festinha privada e convidam, para ela, o cardeal hissopista e mais uns bispinhos?…

Improviso em forma de antídoto…

Sobras da rotina
tudo o mais tem a agenda do previsto
para o marasmo
só conheço o teu antídoto
essa ousadia discreta
que disfarça uma volúpia antiga
quase mitológica
não há salto que recuses
não há risco que te acobarde
escreves muito mais do que
por palavras
só hesitas no código dos dias
esse ínfimo segredo que nos pertence.

Ademar
21.05.2007